Por que se preocupar por tão pouco? Por que chorar, se amanhã tudo muda de novo? Parei de pensar e comecei a sentir, nada como um dia após dia.”
Capital Inicial. (via oescritor)
Somos todos corações partidos procurando nos outros, pedaços que se encaixam, que nos remendem.”
Tentei ser poeta (via adesejar)
Eu vou embora na certeza de que não farei falta. De vez em quando eu olho pra trás pra ver se tem alguém pedindo pra eu voltar, mas nunca tem.”
Caio Augusto Leite.   (via renunciador)
quem te quer bem, te faz bem
Não foram poucas as vezes que me senti um “tanto faz” na vida das pessoas.”
Daniella Oliveira.  (via roteirismo)
É isso que eu gosto em você, seu realismo, sua espontaneidade, sua falta de modos. É isso que eu acho bonito numa pessoa, você vive sua vida, aceita suas limitações, não dá muita bola para o que os outros vão achar de você. Às vezes eu acho as pessoas tão igualmente diferentes, sempre pendurando arengas no pescoço e fazendo um esforço tremendo para parecer legal. Você é você. Estou certo que existem almas formidáveis por toda a cidade, mas se eu fui gostar logo de você, isso quer dizer alguma coisa.”
Gabito Nunes.   (via incalculado)
Eu fui, eu sou, e sempre serei esse total problema, sem começo, meio ou fim.”
A Solidão de James.   (via roteirismo)
Você é a pessoa pra quem eu olho e penso: será que se eu pedir com jeitinho, Deus te deixa ficar comigo pra sempre?”
Giulia Mainardi.  (via alentador)
E sempre vamos nos culpar, por palavras não ditas, atitudes não feitas e pensamentos não expostos.”
Vinicius Sartori. (via autografia)
Porque o amor, é a coisa mais triste, quando se desfaz.”
Tom Jobim.   (via irrevogavell)
Mais fácil achar ouro em bueiro, do que amor verdadeiro.”
Batman.   (via irrevogavell)
Desculpe mas eu não sou o tipo de pessoa que chora ao entrar no banheiro, não sou do tipo de pessoa que vai parar a minha vida porque você estragou ela, ela pode estar um caos agora, mas é seguindo em frente que eu vou arrumando os pedaços, que eu vou consertando os erros, a bagunça que você deixou.”
João Paulo Ferreira.  (via oneprince)
A chuva cai
Na mesma frequência
que eu caio
Na solidão.”
Kaique Luna.  (via fo-rasteira)
Sufocou, dilacerou, chorei, mas ainda estou vivo. Aliás, quem nunca sobreviveu a uma decepção?”
Nova York, 1983.  (via alentador)